Projeto Say Yes - Rumo às JMJ 2023 - do 7º ao 9º ano e Grupo de Jovens Éffathá

divulgação horizontal 1 768x512

O projeto ‘Say Yes’, de preparação para a Jornada Mundial de Juventude (JMJ) 2022 (agora 2023) que vai decorrer em Lisboa, chegou ao Programa ECCLESIA (RTP2), à quarta-feira, pelas 15h00.

Podes aceder através deste link https://www.youtube.com/user/agenciaecclesia/videos e procurar o vídeo correspondente.

Num conjunto de oito episódios semanais, “os adolescentes - e jovens - terão oportunidade de refletir sobre o tema da ecologia integral”.

  • Visualizações: 89

SEMANA SANTA E PÁSCOA 2020

Bispo2 779x1024Viver a Semana Santa em prevenção, contenção e comunhão orante no Espírito de Cristo Ressuscitado, para, com Maria Saúde dos Enfermos, encontrarmos n’Ele a alegria de viver.

Perante os tempos difíceis que vivemos devido à epidemia do COVID-19, em conformidade com o DECRETO da Congregação para o Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos, de 25 de março, e os comunicados da Conferência Episcopal Portuguesa, de 13 de março e de 20 de março, relativamente às celebrações da Semana Santa e Tríduo Pascal, para a Diocese de Viseu, depois de uma reflexão sinodal, fica determinado o seguinte:

  1. Manter a suspensão da celebração comunitária da Eucaristia até ser superada a atual situação de emergência.

Os presbíteros celebrem de modo que os fiéis das suas comunidades saibam que estão unidos a eles, não física, mas espiritualmente, informando que podem acompanhar as celebrações transmitidas desde a Catedral de Viseu (www.diocesedeviseu.pt), nas horas abaixo indicadas ou, na impossibilidade de acesso à internet, acompanhando outras transmissões radiofónicas ou televisivas.

Ler mais: SEMANA SANTA E PÁSCOA 2020

  • Visualizações: 116

MOMENTO EXTRAORDINÁRIO DE ORAÇÃO EM TEMPO DE EPIDEMIA PRESIDIDO PELO PAPA FRANCISCO

Adro da Basílica de São Pedro 
Sexta-feira
, 27 de março de 2022

«Ao entardecer…» (Mc 4, 35): assim começa o Evangelho, que ouvimos. Desde há semanas que parece o entardecer, parece cair a noite. Densas trevas cobriram as nossas praças, ruas e cidades; apoderaram-se das nossas vidas, enchendo tudo dum silêncio ensurdecedor e um vazio desolador, que paralisa tudo à sua passagem: pressente-se no ar, nota-se nos gestos, dizem-no os olhares. Revemo-nos temerosos e perdidos. À semelhança dos discípulos do Evangelho, fomos surpreendidos por uma tempestade inesperada e furibunda. Demo-nos conta de estar no mesmo barco, todos frágeis e desorientados mas ao mesmo tempo importantes e necessários: todos chamados a remar juntos, todos carecidos de mútuo encorajamento. E, neste barco, estamos todos. Tal como os discípulos que, falando a uma só voz, dizem angustiados «vamos perecer» (cf. 4, 38), assim também nós nos apercebemos de que não podemos continuar estrada cada qual por conta própria, mas só o conseguiremos juntos.

Rever-nos nesta narrativa, é fácil; difícil é entender o comportamento de Jesus. Enquanto os discípulos naturalmente se sentem alarmados e desesperados, Ele está na popa, na parte do barco que se afunda primeiro... E que faz? Não obstante a tempestade, dorme tranquilamente, confiado no Pai (é a única vez no Evangelho que vemos Jesus a dormir). Acordam-No; mas, depois de acalmar o vento e as águas, Ele volta-Se para os discípulos em tom de censura: «Porque sois tão medrosos? Ainda não tendes fé?» (4, 40).

Ler mais: MOMENTO EXTRAORDINÁRIO DE ORAÇÃO EM TEMPO DE EPIDEMIA PRESIDIDO PELO PAPA FRANCISCO

  • Visualizações: 148

Covid-19: Oração dos bispos da Europa para pedir ajuda, conforto e salvação

Deus Pai, Criador do mundo,
omnipotente e misericordioso,
que por nosso amor
enviaste o teu Filho ao mundo
como médico dos corpos e das almas,
olha para os teus filhos

que neste momento difícil
de desorientação e consternação
em muitas regiões da Europa e do mundo
se voltam para Ti
em busca de força, salvação e alívio.

Livra-nos da doença e do medo,
cura os nossos doentes,
conforta os seus familiares,
dá sabedoria aos nossos governantes,
energia e recompensa aos médicos,
enfermeiros e voluntários,
vida eterna aos defuntos.
Não nos abandones
neste momento de provação,
mas livra-nos de todo o mal.

Tudo isto Te pedimos, ó Pai
que, com o Filho e o Espírito Santo,
vives e reinas pelos séculos dos séculos.

Ámen.

Santa Maria,
Mãe da saúde e da esperança,
roga por nós!

  • Visualizações: 247

Nota Episcopal – Proativos nas medidas, ousados na Esperança

A vida é um dom inviolável. Proteger a nossa vida e a dos outros é uma responsabilidade social da qual não nos podemos alhear.

Estando a comunidade cristã a viver o tempo da Quaresma, tempo de encontro connosco, com os outros e com Deus, somos convidados a aprofundar a nossa identidade de cristãos batizados, povo que caminha em sociedade. Por vezes, neste caminho, é sobressaltado por dificuldades de vária ordem que exigem medidas proativas e ousadas na esperança.

Fomos confrontados nestes dias com a declaração de Pandemia feita pela Organização Mundial de Saúde.

Não querendo contribuir para qualquer tipo de alarmismo, mas apelando à responsabilidade social e eclesial; pondo em prática e fomentando medidas de prevenção; o Bispo, reunido com os representantes dos diversos órgãos diocesanos, além das medidas de prevenção anteriormente propostas pela Direção Geral da Saúde (DGS) [lavar as mãos com frequência, com água e sabão ou algum desinfetante, antes e depois das refeições, antes e depois de ir ao wc, em lugares públicos, evitar pousar as mãos nos corrimões e maçanetas metálicas ou, pelo menos, ter o cuidado de lavar as mãos; ao tossir ou espirrar tapar a boca e o nariz com o braço ou com um lenço descartável (de papel), e deitá-lo ao caixote do lixo; evitar tocar com os dedos na boca, no nariz e nos olhos; ter alguma precaução com locais fechados e com muitas pessoas; beber muita água], e das medidas propostas pelo Conselho Permanente da CEP (comunhão na mão, comunhão por intinção dos sacerdotes concelebrantes, omissão do gesto da paz e não uso da água nas pias de água benta), decidiu para o bem de todo o Povo de Deus e pessoas de boa vontade:

– a suspensão imediata de todas as atividades da Catequese até à Páscoa;

– a suspensão da celebração das Eucaristias dominicais e feriais, entre os dias 16 e 31 de março;

Ler mais: Nota Episcopal – Proativos nas medidas, ousados na Esperança

  • Visualizações: 145

MENSAGEM DO PAPA FRANCISCO PARA A QUARESMA DE 2020

capa 600x360 20200226130133812204 art feat

«Em nome de Cristo, suplicamo-vos: reconciliai-vos com Deus» (2 Cor 5, 20)

 

Queridos irmãos e irmãs!

O Senhor concede-nos, também neste ano, um tempo propício para nos prepararmos para celebrar, de coração renovado, o grande Mistério da morte e ressurreição de Jesus, perne da vida cristã pessoal e comunitária. Com a mente e o coração, devemos voltar continuamente a este Mistério. Com efeito, o mesmo não cessa de crescer em nós na medida em que nos deixarmos envolver pelo seu dinamismo espiritual e aderirmos a ele com uma resposta livre e generosa.

1. O Mistério pascal, fundamento da conversão

A alegria do cristão brota da escuta e receção da Boa Nova da morte e ressurreição de Jesus: o kerygma. Este compendia o Mistério dum amor «tão real, tão verdadeiro, tão concreto, que nos proporciona uma relação cheia de diálogo sincero e fecundo» (Francisco, Exort. ap. Christus vivit, 117). Quem crê neste anúncio rejeita a mentira de que a nossa vida teria origem em nós mesmos, quando na realidade nasce do amor de Deus Pai, da sua vontade de dar vida em abundância (cf. Jo 10, 10). Se, pelo contrário, se presta ouvidos à voz persuasora do «pai da mentira» (Jo 8, 44), corre-se o risco de precipitar no abismo do absurdo, experimentando o inferno já aqui na terra, como infelizmente dão testemunho muitos acontecimentos dramáticos da experiência humana pessoal e coletiva.

Ler mais: MENSAGEM DO PAPA FRANCISCO PARA A QUARESMA DE 2020

  • Visualizações: 169

Contactar

Ou no Cartório presencial:

Igreja Paroquial
de Abraveses
3515-119 VISEU

VER dia e hora
na Folha Dominical
desta semana

Ou através do Cartório on-line ACEDER